Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Projeto arrecada recursos com tampinhas para oferecer cirurgias gratuitas a animais em Rio GrandeProjeto arrecada recursos com tampinhas para oferecer cirurgias gratuitas a animais em Rio Grande

Compartilhe:
Publicado em 19/06/2019, Por G1/RS

Em Rio Grande, no Sul do estado, o dinheiro arrecadado com tampinhas plásticas que são recolhidas na cidade é usado para oferecer cirurgias gratuitas para animais. Os valores vão para o Fundo Municipal dos Direitos Animais. Em dois anos, o projeto já proporcionou a realização de cerca de seis mil procedimentos. A arrecadação de tampinhas ajuda diversos outros projetos. Saiba mais.

São tampas de refrigerante, de caixinhas de leite, de suco, que normalmente são descartadas e levam décadas para se decompor na natureza. Recolhidas, elas podem ser destinadas a projetos que têm um propósito, como o de Rio Grande, que é organizado por uma ONG.

"Em um galão, tem 1.214 tampinhas. Se tiverem bem colocadinhas. Tem 800 gramas, não chega nem a 40 centavos na hora troca, mas faz diferença na vida desses animais", explica a coordenadora do projeto, Laura Fagundes.

A estimativa da Coordenadoria Municipal da Defesa dos Direitos dos Animais é de que cinco mil animais vivam nas ruas de Rio Grande.

Até o fim deste ano, mais de dois mil atendimentos devem ser feitos no "Castramóvel", apelido dado ao veículo com sala de cirurgia, onde são realizadas as castrações gratuitas.

Além de ajudar no controle populacional dos animais, a arrecadação das tampinhas também ajuda a preservar a natureza.

"Retira também do meio ambiente toneladas de lixo que seriam assentados no aterro sanitário e que deixam também de poluir os mares, os rios, os nossos arroios, nossos açudes e nosso solo", analisa a coordenadora municipal de Defesa dos Direitos Animais, Maria de Fátima Maier.

A campanha engaja a população na cidade. Durante uma olimpíada entre alunos, a missão de uma escola foi arrecadar tampinhas. O resultado foi de mais de uma tonelada. O material vai ser encaminhado para instituições, e será transferido a projetos.

"A sociedade é a grande beneficiada de todo esse projeto, porque cuidar do meio ambiente está na prática cotidiana de todo o cidadão, da nossa cidade. É essencial. Eu acredito que esse pequeno movimento que a gente fez, em uma ação pontual, pode vir a contribuir para uma rotina. Que isso entre na rotina das pessoas, das famílias e que possamos ter esse cuidado com a nossa casa comum", diz o diretor Claudiano Tiecher.

"Todo mundo que coloca uma tampinha numa garrafa dessas está mudando a vida de muitos animais, tanto nós, como muitos que estão por aí, precisando da nossa ajuda", encerra Laura.

 

(FOTO: REPRODUÇÃO/RBS TV)