Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Capes desbloqueia 161 bolsas de pesquisa no Rio Grande do SulCapes desbloqueia 161 bolsas de pesquisa no Rio Grande do Sul

Compartilhe:
Publicado em 17/05/2019, Por G1/RS

Cinco universidades do Rio Grande do Sul tiveram bolsas de pesquisa desbloqueadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). De acordo com a Fundação, 161 bolsas que haviam sido suspensas na última semana foram liberadas novamente às instituições gaúchas (veja abaixo as universidades contempladas).

O governo federal já havia anunciado que os auxílios congelados de programas com nota 6 ou 7 seriam devolvidos. Esses são os dois conceitos mais altos na avaliação da Capes.

O comunicado sobre a suspensão de bolsas classificadas como "ociosas" pelo Ministério da Educação em todo o país foi feito pela Capes na quarta-feira (8). O bloqueio não atinge estudantes com pesquisas em andamento. O valor mensal por pesquisador é de R$ 1,5 mil no mestrado, R$ 2,2 mil no doutorado e R$ 4,1 mil no pós-doutorado.

Um levantamento feito junto às universidades federais do estado contabilizou 218 bloqueios. Com a devolução de algumas bolsas, o número cai para 66.

O total de bolsas bloqueadas no Rio Grande do Sul, considerando institutos federais e universidades privadas não foi repassado pela Capes, que afirma ter solicitado levantamento à área técnica.

 

Bolsas por universidade

UFRGS - 125 bolsas liberadas

Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) comunicou a suspensão de 133 bolsas. Com a liberação de 125, a universidade perde 8 auxílios.

 

FURG - 21 bolsas liberadas

A Universidade Federal do Rio Grande (FURG) informou o cancelamento de 35 bolsas. Com a devolução de 21, a instituição perde 14 auxílios.

 

PUCRS - 9 bolsas liberadas

Segundo a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), 16 bolsas de pesquisa foram canceladas. Com a devolução de 9, a universidade tem 7 cancelamentos.

 

UFSM - 4 bolsas liberadas

Na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), 27 bolsas foram suspensas segundo a instituição. Com a liberação de quatro (três de mestrado e uma de doutorado), a universidade perde 23 auxílios.

 

UFPEL - 2 bolsas liberadas

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) comunicou o bloqueio de 19 bolsas de pesquisa. Com a devolução de duas, a instituição tem 17 cancelamentos.

 

(FOTO: DIVULGAÇÃO/LUCIANO VALÉRIO)