Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Título do Super Bowl 2019 ficou com o New England PatriotsTítulo do Super Bowl 2019 ficou com o New England Patriots

Compartilhe:
Publicado em 04/02/2019, Por G1

O título do Super Bowl 2019 ficou com o New England Patriots, o 6º do time na história.

Maroon 5 foi a atração do tradicional show do intervalo do realizado na noite deste domingo (3) em Atlanta, nos Estados.

O grupo recorreu aos sucessos do álbum de estreia 'Songs About Jane', de 2002, como 'Harder to Breathe' e 'This Love'. Ao fim da 2ª música, um trecho do desenho animado Bob Esponja, onde o personagem principal aparece dançando foram exibidas na transmissão, em uma homenagem ao seu criador, Stephen Hillenburg, que morreu em novembro passado.

Nesse momento, uma bola de fogo veio do céu e caiu sobre o palco para a apresentação do rapper Travis Scott, que cantou parte de sua música "Sicko Mode", que tem sido fortemente censurada na televisão.

No entanto, para muitos, o melhor momento veio no meio da performance quando um coral e um grupo tocando tambores se juntaram ao vocalista Adam Levine para cantar o single lançado no ano passado 'Girls Like You', que na gravação tem a participação da rapper de origem latina Cardi B.

Na sequência, veio 'She Will Be Loved', também do primeiro álbum da banda. Durante a música, o público lançou papeis iluminados ao céu que formavam a palavra 'LOVE' (amor, em português).

Em seguida, o rapper Big Boi entrou pilotando um carro clássico e subiu ao palco com um casaco de pele para se juntar a Levine e Scott e cantar um trecho de "I Like The Way You Move".

Adam Levine encerrou o show com um 'pout-pourri' das músicas 'Sugar' e 'Moves Like Jagger', e claro, fez o que já é esperado nas apresentações da banda: tirou a camisa exibindo o físico e suas tatuagens.

Polêmica no show do intervalo

O show de intervalo do Super Bowl é um dos eventos de entretenimento de maior destaque dos Estados Unidos, atraindo dezenas de milhões de telespectadores.

Em outubro do ano passado, a mídia norte-americana informou que a cantora Rihanna rejeitou uma oferta para liderar o show do intervalo do Super Bowl 2019 em apoio ao ex-jogador da NFL Colin Kaepernick, que com seu protesto contra a injustiça racial denuncia um boicote dos times da liga.

Em anos anteriores, Beyoncé, Lady Gaga, Katy Perry, Madonna, Bruce Springsteen e Prince já lideraram a apresentação.

Em 2018, o show de intervalo de Justin Timberlake foi assistido por 103 milhões de telespectadores, o maior público de qualquer evento televisivo da história dos Estados Unidos.