Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Mudanças de temperatura: como evitar prejuízos para a saúdeMudanças de temperatura: como evitar prejuízos para a saúde

Compartilhe:
Publicado em 21/08/2020, Por Correio do Povo

Calor, chuva e muito frio. Tudo isso em questão de dias. Esta tem sido a rotina do inverno aqui no Rio Grande do Sul nas últimas semanas. As mudanças bruscas de temperatura podem trazer sérios prejuízos à saúde. Segundo o médico intensivista do Hospital Moinhos de Vento, Sergio Brodt, os principais riscos estão associados a infecções das vias aéreas como resfriados, gripes, sinusites e pneumonias.

“Também é comum a piora de doenças respiratórias pré-existentes, hipotermia, desidratação e uma predisposição a complicações de doenças cardiovasculares como angina, infarto do miocárdio, acidentes vasculares cerebrais e vasculopatias periféricas”, alerta Brodt. Segundo o médico, os públicos com maior risco de sofrerem problemas nessa época do ano são crianças, idosos e portadores de doenças crônicas - que devem redobrar os cuidados gerais. “É necessário manter os medicamentos de uso contínuo e suas revisões médicas regulares no período de inverno. Os alérgicos devem cuidar com o ressecamento das vias aéreas e a exposição direta ao frio. Umidificadores de ar podem ajudar no ambiente domiciliar”, indica.

 

Como evitar complicações

Existem alguns cuidados que podemos incluir em nosso dia a dia para evitar que as mudanças de temperatura prejudiquem nossa saúde. Confira as dicas trazidas pelo médico:

- Hidratação  com ingestão em torno de 2 litros de líquidos ao dia (o ressecamento das vias aéreas é um fator importante na predisposição aos problemas relacionados ao frio);

- Manter o corpo aquecido, incluindo extremidades, pescoço e cabeça, com luvas, mantas e gorros;

- Evitar ficar com roupas molhadas;

- Manter alimentação saudável e balanceada;

- Praticar exercícios físicos sempre que possível;

- Evitar ambientes mal ventilados e com aglomerações;

- Realizar higiene das mãos sempre que estiver em ambientes públicos ou tocar em superfícies potencialmente contaminadas;

- Estar com a vacinação em dia.

 

Cuidados com a COVID-19 ajudam a evitar outras infecções

Além disso, o médico ressalta que os cuidados relacionados à pandemia de coronavírus também ajudam e evitar outras infecções  virais. “Além dos já citados, a pandemia exige alguns específicos direcionados ao seu controle, que são principalmente, o isolamento social, evitar aglomerações, uso de máscaras, higiene das mão com água e sabão ou álcool em gel sempre que tocar em objetos que não sejam de seu uso próprio, pessoas ou superfícies potencialmente contaminadas e evitar ambientes não ventilados, mantendo distância mínima de 1,5 metros de outras pessoas”, indica.

(FOTO: FREEPIK)