Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Sistema de monitoramento de Sananduva é destaque no combate à criminalidadeSistema de monitoramento de Sananduva é destaque no combate à criminalidade

Compartilhe:
Publicado em 28/07/2020, Por Ascom Pref. de Sananduva

A parceria entre o Governo do Município de Sananduva e Conselho Pró-Segurança Pública – Consepro, com a colaboração de moradores locais, permitiu a conquista do sistema de videomonitoramento urbano e os constantes avanços nas políticas públicas para a área de segurança em Sananduva. Recentemente a Polícia Rodoviária Federal solicitou ao Município a autorização para que os dados do sistema de monitoramento local possa integrar a PRF, auxiliando o trabalho da área de inteligência e operacional da instituição.

O videomonitoramento está em operação desde 2017 e recebe aporte anual do Executivo Municipal com o objetivo de promover constantemente a expansão e melhorias no serviço de segurança. Até o momento, os investimentos de mais de R$ 173 mil foram utilizados para garantir mais segurança à população. Novas câmeras estão sendo instaladas com a tecnologia e capacidade de identificar veículos furtados e roubados através da leitura de placas.

Com o sistema de videomonitoramento já foi possível identificar vários delitos resultando em inúmeras prisões, o que contribui para prevenção de possíveis ações no Município. As ocorrências atendidas com auxílio do sistema de videomonitoramento são de furto de veículo com prisão em flagrante do autor, vários acidentes de trânsito com danos ao patrimônio público e particular, identificação de autores de crime de estelionato, infração de trânsito, abordagens em indivíduos e veículos suspeitos, fuga de local de acidente, danos ao patrimônio público, prisão por tráfico de drogas, entre outros.

Todas as imagens em tempo real são transmitidas atualmente para uma central de vigilância 24h disponibilizada na Brigada Militar, Delegacia de Polícia e agora também vai estar disponível para a Polícia Rodoviária Federal.

(FOTO: DIVULGAÇÃO ASCOM)