Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Uso de máscara em locais fechados segue obrigatório no Rio Grande do SulUso de máscara em locais fechados segue obrigatório no Rio Grande do Sul

Compartilhe:
Publicado em 03/07/2020, Por GaúchaZH

Mesmo que o presidente Jair Bolsonaro tenha vetado a obrigatoriedade do uso de máscara em uma série de ambientes fechados no Brasil, em lei com sanção publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (3), o acessório segue sendo indispensável no Rio Grande do Sul. Isso porque o Decreto Estadual 55.240/2020 prevê a necessidade de utilização da proteção facial em locais como comércio, indústria, órgãos públicos e templos religiosos em todo o território gaúcho. 

A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) entende que a lei federal não conflita com a regra estadual. A avaliação é de que o decreto do governo Estado é mais restritivo em relação à legislação sancionada por Bolsonaro e, portanto, é a diretriz que vale no Rio Grande do Sul. Da mesma forma, os municípios podem apenas aumentar o grau de restrições em relação ao que define o Palácio Piratini, mas não flexibilizar.

- Conforme decisão do Supremo Tribunal Federal, Estados e municípios podem ter regras mais restritivas no enfrentamento da pandemia. Neste aspecto, o decreto estadual segue valendo sem nenhuma interferência desta lei federal – aponta Bruno Naundorf, membro do comitê de crise da Secretaria Estadual da Saúde, salientando a importância do uso da máscara para controlar a disseminação do coronavírus.

Pelo decreto estadual, quem infringir a determinação do poder público destinada a impedir ou propagar doença contagiosa está cometendo crime previsto no Código Penal. A diretriz estadual, no entanto, não estabelece multas para que não obedecer a orientação, pois para isso seria necessária uma lei aprovada pela Assembleia Legislativa. 

(FOTO: ARQUIVO / RÁDIO MEGA)