Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Máscara com óculos | Saiba como evitar o embaçamento das lentesMáscara com óculos | Saiba como evitar o embaçamento das lentes

Compartilhe:
Publicado em 13/05/2020, Por Correio do Povo

Com o uso de máscaras obrigatório em todo o Rio Grande do Sul por conta da pandemia de COVID-19, surgem novos problemas e dúvidas. Como conciliar o uso desse novo (e necessário) acessório com os óculos de grau? Como fazer a limpeza das lentes? Como impedir o embaçamento das lentes? Essas são apenas alguns dos questionamentos.

“O Covid-19 pode ser transmitido também após o contato com a conjuntiva, que é a mucosa que reveste os olhos. Por este motivo, é fundamental não levar as mãos aos olhos, para evitar a transmissão do vírus”, informa a médica oftalmologista, Caroline Fabris, coordenadora do departamento de oftalmologia do Hospital Moinhos de Vento. A infecção se dá através das mãos, que podem estar contaminadas ao tocar em outra superfície, ou por gotículas emitidas por uma pessoa infectada.

 

Por que as lentes embaçam?

Em primeiro lugar, vale entender como ocorre o embaçamento das lentes. Normalmente isso ocorre por causa do ar quente. Se a máscara não está bem adaptada ao rosto (em especial na parte de cima do nariz) o ar quente pode “escapar” por essas pequenas folgas. Ao encontrar as lentes frias (principalmente agora no inverno), o ar condensa e elas embaçam.

 

Como fazer para evitar o embaçamento das lentes?

Para evitar a situação, o ideal é conseguir adaptar o melhor possível a máscara ao nariz. Os modelos que contam com um pequeno clipe de arame interno na parte de cima podem ser boas alternativas, pois ajudam a moldar melhor a máscara  ao apoio do nariz.

Outro truque é subir a máscara o máximo possível (desde que continue cobrindo o queixo) e descansar o óculos por cima. Assim, a própria armação assenta a máscara junto ao osso do nariz, diminuindo o espaço de escape do ar. Segundo Shanna Kulisz, diretora do Centro Óptico, outro fator que precisa ser avaliado é o tipo de tratamento antirreflexo utilizado na lente. “Alguns tratamentos embaçam mais pois não são hidrofóbicos. Então, algumas lentes vão naturalmente embaçar mais”, explica ela.

 

E na hora da higienizar os óculos? Como fazer?

Shanna destaca que - diferente de muitos vídeos que estão circulando pela internet - não é recomendado o uso de sabão, sabonete branco e até mesmo álcool para fazer a higienização dos óculos. O ideal é usar apenas água e sabão neutro líquido. Para secar, utilize papel descartável. “Esses outros produtos podem danificar as lentes e você pode até perder a garantia do fabricante. O melhor é mesmo buscar uma máscara que se adapte bem ao seu rosto”, afirma ela, lembrando que o álcool também pode ressacar as hastes das armações.

Esqueça também aquele truque de cuspir na lente - muito usado por mergulhadores - pois a saliva também é origem de contaminação. A médica oftalmologista Caroline Fabris reforça a necessidade de limpeza frequente. “É muito comum o ajuste dos óculos com a mão e, por este motivo, há o aumento do risco de contágio”, explica ela. A médica afirma ainda que, apesar de os olhos serem uma área de contaminação, apenas 0,9% dos pacientes com COVID-19 apresentaram sinais e sintomas de conjuntivite viral. “Os principais sintomas do COVID-19 são respiratórios: febre, tosse, dispnéia (falta de ar) ,dor de garganta, fadiga, mialgia e cefaleia”.

 

Outras medidas que podem ajudar:

- Ajuste os elásticos da máscara para que ela fique mais próximas ao seu rosto;

- Experimente vários modelos diferentes de máscaras para ver qual delas se adequa melhor;

- Use um micropore para colar a máscara na parte de cima do nariz (vários estudantes de medicina usam esse truque).

(FOTO: FREEPIK)