Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Coronavírus pode impedir realização de shows e festivais até 2021Coronavírus pode impedir realização de shows e festivais até 2021

Compartilhe:
Publicado em 14/04/2020, Por R7

O reagendamento de shows e festivais para o fim de 2020 pode ser uma aposta muito otimista de produtores e artistas. Essa é a opinião do bioético e especialista em cuidados da saúde norte-americano Zeke Emmanuel.

Em entrevista ao The New York Times, o profissional comentou que a pandemia de coronavírus fará com que o setor de eventos seja um dos últimos a voltar a funcionar com normalidade, já que aglomera milhares de pessoas em um mesmo espaço.

Para ele, na melhor das hipóteses, os shows e festivais só voltam a acontecer a partir de setembro de 2021 (outono no hemisfério norte e primavera na parte sul do globo).

"Quando as pessoas remarcam reuniões maiores - conferências, concertos, eventos esportivos - para outubro de 2020, não tenho idéia de como elas acham que essa é uma possibilidade plausível. Eu acho que essas coisas serão as últimas a voltar ”, disse Emmanuel na videoconferência promovida pelo jornal.

No Brasil, o Lollapalooza, que aconteceria em abril, foi reagendado para dezembro de 2020. Já o Coachella, que acontece anualmente no deserto de Indio, na Califórnia, era para ter ocorrido em março, mas foi remarcado para o próximo mês de outubro.

As datas podem ser revistas dependendo do avanço da pandemia nos próximoes meses. Mas de acordo com Emmanuel, será mais seguro reabrir gradualmente a economia, prioriozando primeiro as atividades que permitem maior distanciamento social.