Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Redobre os cuidados com a higienização dos alimentosRedobre os cuidados com a higienização dos alimentos

Compartilhe:
Publicado em 09/04/2020, Por Correio do Povo

Os cuidados com a higienização dos alimentos, que sempre foram importantes, ganharam ainda mais destaque agora com a pandemia de COVID-19. Ainda há dúvidas sobre quais os melhores procedimentos devem ser adotados em cada tipo de alimento ou embalagem, mas alguns processos são fundamentais. E devem ser mantidos mesmo depois que a pandemia passar.

A nutricionista Michele Valenti destaca que já se sabe que o novo Coronavírus pode sobreviver em algumas superfícies por horas ou até dias, a depender das condições de temperatura e umidade. “Ele não se multiplica nos alimentos nem em superfícies, apenas permanece ali por algum tempo. Na maioria dos mercados as hortaliças geralmente ficam expostas em gondolas podendo cair gotículas de saliva ou secreções ou ainda em contato com mãos contaminadas”, acrescenta. A solução é óbvia: é preciso higienizar os alimentos.

Michele lembra que o erro mais comum é achar que apenas a água corrente é suficiente para essa higienização. Esse é apenas o primeiro passo, especialmente quando se trata de alimentos crus. É fundamental deixá-los de molho em uma solução sanitizante de hipoclorito de sódio com água, que pode ser comprada pronta nos supermercados ou misturando-se uma 1 colher de sopa de hipoclororito de sódio (água sanitária) para cada 1 litro de água.

“Esses cuidados deveriam ser realizados a todo momento, pois existem diversos germes e bactérias que são causadores de doenças transmitidas por alimentos no ambiente. Atualmente se faz ainda mais necessário em função do Coronavírus”, acrescenta Michele. Esse cuidado deve ser redobrado quando se trata de alimentos crus e preparações para crianças, idoso e gestantes ou pessoas que usam medicamentos imunossupressores.

E os outros produtos embalados? A nutricionista orienta que, para os alimentos que chegam da rua, o ideal é retirá-los das embalagens externas (sacolas plásticas /caixas de papelão/pacotes) e descartar. Se as embalagens forem em materiais de vidro, metal e plástico podem ser lavadas com água corrente e detergente líquido ou sabão e após borrifar com álcool 70% antes de serem guardadas em armários e dispensas. No caso de embalagens de papelão, cartão, madeira ou cortiças, que tem superfícies porosas e de difícil limpeza, a indicação é remover e armazenar o alimento em recipiente adequado.

 

Confira um passo a passo para higienização dos alimentos:

1. Inicie retirando folhas ou partes e unidades deterioradas dos vegetais;

2. Lave os vegetais em água corrente para remover o excesso de sujidades;

3. Coloque os vegetais mergulhados em uma solução sanitizante de hipoclorito de sódio com água, por 15 minutos na diluição de 200 ppm, ou seja, 1 colher de sopa de hipoclororito de sódio (água sanitária) para cada 1 litro de água. Após, desprezar a água;

4. Lave novamente os vegetais um a um em água corrente para retirar os resíduos do hipoclorito de sódio;

5. Escorra e seque bem os vegetais, pois retirar o excesso de água é importante para melhor conservação;

6. Corte e pique os vegetais conforme as preparações que você deseja fazer, mas é fundamental que as mãos e utensílios utilizados como facas e cortadores estejam bem lavados e higienizados;

7. Mantenha os vegetais já higienizados em recipientes tampados e sob refrigeração até a hora de servir.