Envie seu whats:
(54) 99664-0955

MEGA NEWS Ver +


Freddie Mercury é o maior cantor de todos os tempos, diz a ciênciaFreddie Mercury é o maior cantor de todos os tempos, diz a ciência

Compartilhe:
Publicado em 15/01/2020, Por Rolling Stone

Freddie Mercury foi o maior cantor de todos os tempos, segundo o estudo Freddie Mercury - análise acústica da frequência fundamental da fala, vibrato e sub-harmônicos feitos por pesquisadores austríacos, tchecos e suecos em parceria com a Universidade Palacký Olomouc, da República Tcheca.

Para estudar a voz do astro rock 25 anos depois da morte dele e entender o processo de emissão de voz dele, os pesquisadores analisaram seis entrevistas do artista, além de simular a voz de Mercury com o cantor Daniel Zangger.

A laringe de Zangger foi filmada em 4 mil frames por segundo e mostrou que, provavelmente, Mercury nasceu com a habilidade de cantar com sub-harmônicos, o que significa que as pregas vocais falsas do astro vibravam junto com as pregas normais.

A estrutura óssea do rosto do cantor, a qual contava com um dente a mais, não garantiu apenas os dentes característicos, mas uma amplitude acima do normal e o alcance vocal de 37 semitons, ou seja, quatro oitavas.

A pesquisa ainda analisou detalhadamente as canções "Bohemian Rhapsody" e "Love of My Life" e concluiu que as cordas vocais de Mercury "simplesmente se movimentavam mais rapidamente que as da maioria das pessoas". Normalmente, um vibrato, técnica de canto, vibra entre 5.4 Hz e 6.9 Hz, enquanto o líder do Queen cantava a 7.04 Hz.

A conclusão dos pesquisadores foi que Mercury tinha habilidades raras de nascença, as quais não podem ser adquiridas ao longo da vida, e por isso desenvolveu uma capacidade vocal extraordinária.